Chapada conquista a primeira edição da Copa Alto Maron

Foi realizado neste domingo (30/09), a grande final da Copa Alto Maron.

Chapada e Os Malas entraram em campo determinados para conquistar o tão cobiçado título.

O jogo começou muito estudado por ambas as equipes. Mas a partir dos quatro minutos, o jogo ficou lindo de assistir. Foram belas jogadas que foram ocorrendo sucessivamente.

O inicio do espetáculo começou com uma boa jogada do Chapada. Buba ajeitou a bola para Caio Breno mandar para o gol. A bola desviou na zaga e enganou o goleiro Nelson do Os Malas. A bola passou próxima a trave levando muito perigo.

A resposta do Os Malas foi imediata.  Após o chute de Maiquinho, o goleiro Tayrone do Chapada fez uma grande defesa.

Aos sete minutos, Maiquinho do Os Malas chutou e o goleiro Tayrone defendeu.

Aos oito minutos, Miltinho cobrou falta e goleiro Tayrone realizou mais uma grande defesa.

Aos treze minutos, escanteio para os Malas. Após receber a bola, Kael chutou de meia distância e o goleiro Tayrone defendeu mais uma.

Aos dezesseis, Guilherme Zoi driblou toda zaga adversária, saiu na cara do gol e após tentar fazer o gol, Tayrone se destacou com mais uma grande defesa.

Aos dezoito,  Maiquinho do Os Malas chutou da intermediária. A bola passou próximo a trave.

Aos vinte minutos, Miltinho chutou forte e o talento de Tayrone brilhou mais uma vez.

Aos vinte e um minutos, Guilherme Zoi do Os Malas esteve próximo de marcar o gol. Após o bate rebate na área o gol só não ocorreu por que o goleiro Tayrone “voou” na bola e deu um tapa para escanteio.

Aos vinte e dois minutos, Maiquinho  em uma forte dividida com Caio Breno caiu no chão e levou a pior. Teve que sair do jogo e não mais voltou. Sendo substituído por Leo Brocador.

Aos vinte e nove, prevaleceu a velha máxima do futebol: “Quem não faz toma”. Após linda jogada trabalhada, Buba deu assistência e Fieta completou para rede. 1×0 para o Chapada.

Após o gol, o juiz finalizou o primeiro tempo com 1×0 para o Chapada.

O segundo tempo começou a todo vapor.

Logo no início aconteceu falta perigosa para os Malas na linha da entrada área.

Jogada ensaiada!

É.. Não saiu como a turma planejou. Miltinho fez que iria chutar para o gol e terminou tocando para o lado. Os colegas de equipe não acompanharam o lance e  a bola saiu pela lateral. 

 Aos cinco minutos, Fieta fez uma linda jogada pela direta. Após passar por três atletas adversários, chutou cruzado e a bola passou bem próximo do gol. 

Para quem apostou que Fieta não conseguiria fazer a mesma jogada na partida, perdeu aposta. Aos seis minutos, Fieta repetiu praticamente a mesma jogada anterior pela lateral. Só que desta vez a bola foi na direção do gol e o goleiro dos Malas, Nelson, defendeu.

Aos sete minutos, Perrecha do OS Malas chutou cruzado e a bola foi para fora. 

Aos dez minutos, Cael recebeu cartão amarelo.

Aos onze minutos, Amaral recebeu cartão amarelo por reclamação.

O segundo tempo caminhava para ter sido um grande espetáculo como foi o primeiro tempo.

Só que aos doze minutos as coisas começaram a desandar. Amaral e Bruno Gago entraram nas vias de fatos e ambos foram expulsos.

Aos dezessete, nova falta para Os Malas. Fieta recebeu cartão amarelo.

Depois de um verdadeiro show de futebol proporcionado pelas equipes do Chapada e Os Malas, o  bom futebol perdeu espaço para as jogadas ríspidas e reclamações das equipes.

Aos vinte e cinco minutos, falta para Os Malas. Luquinhas bateu na direção do gol. No caminho Zoi apareceu como elemento surpresa e completou para o gol. Assim nasceu o empate do Os Malas. 

Aos vinte e nove, Perrecha do Os Malas chutou e o goleiro defendeu.

Aos trinta mais uma linda jogada do Chapada. Porém o goleiro Nelson do Os Malas defendeu.

O jogo caminhava para a disputa de pênaltis. Só que no apagar das luzes, em uma boa jogada trabalhada pelo Chapada, Kel tocou e Flepa só teve o trabalho de completar para o gol.

O juiz deu mais três minutos de acréscimo. Mas não tinha tempo para mais nada.

Após o apito final, o Chapada venceu a partida por 2×1, levantou o troféu e comemorou junto com a sua torcida ao grito de… É CAMPEÃO!

PS 1 – Após o final da partida alguns integrantes da equipe do Os Malas não aprovou algumas decisões do arbitro Dorivan e pediu explicação do juiz em alguma das suas decisões.

 Os ânimos foram acalmados e logo depois foi feita a premiação das equipes.

PS 2 – O site maisesporte.net parabeniza a equipe do Chapada pelo titulo de campeão e parabeniza a equipe do Os Malas que demonstraram qualidade pela conquista do segundo lugar e mostrou postura de time grande ao reconhecer os méritos do Chapada.

Isso só alimenta aquela filosofia: “Adversários no campo. Amigos fora das quatro linhas.”

PS 3 – O site maiseporte.net parabeniza os organizadores Bruno Raquel, Carlos José (Zé), Jhon Sena (Feijão) e Ricardo Babão pelo excelente nível da organização do campeonato.

Até 2020!

APOIO: