Corinthians pode deixar de ganhar quase R$ 20 milhões se for eliminado hoje

O Corinthians tem mais a perder do que tranquilidade e confiança para a sequência da temporada caso seja eliminado na Copa Libertadores da América 2020, conhecida no Brasil como “Pré-Libertadores”, diante do Guaraní, hoje (12), às 21h30 (de Brasília), na Arena de Itaquera. O Alvinegro precisa reverter uma vantagem dos paraguaios de 1 a 0, conquistada no jogo de ida, em Assunção.

Em casa de queda precoce, o Corinthians deixaria de ganhar quase R$ 20 milhões, especificamente R$ 19,8 milhões, em premiações da Conmebol. Valor, aliás, que está previsto no orçamento do clube paulista em 2020, que contém valores de premiações de oitavas de Libertadores e Copa do Brasil, além do sétimo lugar, no mínimo, no Campeonato Brasileiro.

Vale ressaltar que o Alvinegro ainda pode lucrar com arrecadação de bilheteria na competição continental. Na última Libertadores, por exemplo, a renda bruta em jogos como mandante nunca foi inferior a R$ 2 milhões.

Para “alcançar” quase R$ 20 milhões em premiações na Libertadores, a conta é a seguinte: Se passar pelos paraguaios, o clube receberá US$ 550 mil (R$ 2,3 milhões) em premiação da entidade, quando enfrenta o vencedor do confronto entre Cerro Largo, do Uruguai, e Palestino, do Chile.

Avançando à fase de grupos, o clube de Parque São Jorge ganhará mais US$ 3 milhões (R$ 12 milhões), valor pago pela Conmebol em premiação nesta fase. Caso se classifique para as oitavas de final o Corinthians ainda recebe US$ 1,05 milhão (R$ 4,5 milhões). Valor total de R$ 19,8 milhões.

Além disso, soma-se novamente as bilheterias de cada partida na Arena Corinthians em cada fase.

Vale lembrar que só de jogar duas vezes contra o Guarani-PAR, o Corinthians já assegurou US$ 500 mil (R$ 2,1 milhões) de premiação da Conmebol por participar da segunda fase da Libertadores (pré-Libertadores).

Pedrinho joga decisão

O meia-atacante Pedrinho jogará a decisão hoje contra o Guaraní, do Paraguai. O camisa 10, que defendeu a seleção sub-23 no Pré-Olímpico, da Colômbia, onde o Brasil se classificou para a Olimpíada de Tóquio-JAP, realizou apenas um treinamento sob o comando de Tiago Nunes. Ele não participou da pré-temporada, incluindo os jogos da Flórida da Cup, por conta da seleção.

Pedrinho treinou ontem (11), no CT Joaquim Grava, com os demais companheiros em campo, em atividade fechada para a imprensa. O camisa 10 será relacionado e jogará, mas sua escalação como titular ou opção no banco de reservas é o principal mistério de Tiago Nunes. O treinador decidiu apressar o retorno do meia por conta do desempenho apagado dos atacante de beirada, Everaldo e Janderson, além da ausência de Ramiro, que segue vetado por conta de lesão no joelho.

Vale lembrar que Lucas Piton deve iniciar na lateral esquerda, já que Sidcley está longe de seu melhor condicionamento físico. Além disso, há quem acredite que Vagner Love pode pintar como surpresa no ataque.

O Corinthians deve entrar em campo com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Gil, Pedro Henrique, Lucas Piton; Camacho, Cantillo, Luan, Pedrinho (Janderson), Everaldo (Vagner Love); Boselli.

Por Samir Carvalho